Você sabe como surgiu a unha francesinha?

Em termos de esmalte, um estilo que nunca sai de moda e faz sucesso em qualquer lugar do mundo é, definitivamente, a francesinha.

A pintura clássica das unhas claras com as pontinhas brancas é a escolhida por milhares de mulheres, todos os dias, nos mais diversos salões. Mas será que quem adota a produção discreta e até mesmo ingênua das unhas francesinhas, faz ideia de como surgiu esse estilo?

Como o próprio nome denuncia, a origem da pintura deu-se na França, durante o século 18. A época, marcada pelo Iluminismo, pregava a busca pelo prazer, mesmo com a pobreza que se alastrava pelo país.

O número de prostitutas era alto e os banhos, cada vez mais raros.
Procurando uma maneira de esconder a sujeira acumulada debaixo das unhas, as meretrizes francesas passaram então a pintar a ponta de suas unhas.O truque que servia como um modo de transmitir boa aparência, acabou se tornando uma forma de identificar as prostitutas, distinguindo as damas das cortesãs.

Com a chegada dos anos 70, as francesinhas se espalharam pelo mundo com a ajuda do maquiador e cabeleireiro Jeff Pink. Após uma de suas viagens a Paris, onde encantou-se pela técnica, o norte-americano levou o estilo até as atrizes de Hollywood, onde a moda foi difundida.

Graças à evolução dos cuidados e higienização das unhas, as francesinhas deixaram de ser um simples meio de esconder sujeira e tornaram-se referência mundial no quesito beleza e cuidado com as unhas.
Share on Google Plus

0 comentários:

Slider[Style1]